Dr. Alan Landecker - Cirurgia Plástica e Clínica de Estética

A Clínica
 

Clínica de Estética

A clínica de estética do Dr. Alan Landecker oferece a mais avançada tecnologia em tratamentos estéticos para pacientes que desejam otimizar a sua aparência antes ou após uma cirurgia plástica. Todos os tratamentos faciais e corporais são realizados por profissionais bem treinados, sob a supervisão técnica do Dr. Alan Landecker, usando produtos e equipamentos de última geração. A imensa maioria dos procedimentos é realizada no consultório, podendo o paciente retornar as suas atividades no mesmo dia.

Drenagem Linfática

A drenagem linfática, realizada manualmente ou com ajuda de aparelhos eletrônicos, visa reduzir o inchaço através da remoção mais rápida do líquido intersticial (líquido que tende a se acumular entre as células). O mecanismo de ação é a estimulação da musculatura lisa dos vasos linfáticos, aumento da velocidade e volume de transporte da linfa e aumento da capacidade de processamento da linfa no interior dos linfonodos. A drenagem também aumenta o fluxo de sangue pelos tecidos, favorecendo a nutrição celular, hidratação e a captação de oxigênio. O resultado, além da desintoxicação do tecido, é o aumento da velocidade de cicatrização e da capacidade de reabsorção dos hematomas e equimoses após a cirurgia. A técnica da clínica de estética Dr. Alan Landecker oferece também bem estar e relaxamento total.

A drenagem linfática manual pode ser iniciada após 48 a 72 horas da cirurgia. As manobras devem ser realizadas de maneira leve e suave, não podendo ocorrer arraste nem deslocamento de pele. Inicia-se com manobras de captação, realizadas diretamente sobre o segmento edemaciado, visando aumentar a captação da linfa pelos capilares. A seguir, manobras de reabsorção são realizadas nos pré-coletores e coletores linfáticos, que transportarão a linfa captada pelos linfocapilares. Finalmente, manobras de evacuação ocorrem nos linfonodos, que recebem a confluência dos coletores linfáticos.

Endermoterapia Vibratória

Assim como a drenagem linfática, a endermoterapia vibratória é uma técnica da clínica de estética que promove um intenso aumento da circulação da pele e tecidos mais profundos. O aparelho produz esta condição através de movimentos circulares, vibratórios e de percussão, Este efeito, além de mobilizar os depósitos de gordura decorrentes de circulação deficiente, ajuda a aumentar a firmeza e a elasticidade da pele, atenua imperfeições causadas por nódulos de fibrose, tonifica a musculatura e possui efeito analgésico. A técnica também melhora o aspecto da pele, tornando-a mais macia e flexível.

Ultrassom

O Ultrassom é um aparelho de baixa freqüência que emite ondas ultrassônicas que atingem 3-4 cm de profundidade. Isso resulta num aumento significativo da deposição de colágeno, aumento da resistência tênsil e estímulo da contração da lesão. Em outras palavras, o método pode ajudar a reduzir discretamente o tamanho da cicatriz. Alguns benefícios adicionais são um discreto aumento da reabsorção linfática e aumento da circulação sanguínea. É especialmente útil, em determinada potência, para ajudar a desfazer nódulos de fibrose que podem aparecer abaixo da pele após a lipoaspiração.

Vacuoterapia

A vacuoterapia é uma técnica de pressão negativa que aumenta a circulação, promovendo expansão do vaso sanguíneo e fortalecimento de suas paredes. Resulta em melhores trocas gasosas e eliminação de toxinas, além de ajudar a desfazer pontos de fibrose localizada. Melhora também o trânsito de líquido linfático e tonifica os tecidos, acelerando a reabsorção do inchaço.

Limpeza de Pele

A Limpeza de Pele remove as células mortas, desobstrui os poros, previne o aparecimento de novos “pontos pretos” (cravos), prepara a superfície para receber e absorver melhor os princípios ativos adequados e devolve o equilíbrio à pele. O procedimento é realizado após uma avaliação profissional detalhada, que determinará quais os produtos e equipamentos adequados para cada tipo de pele. A pele oleosa requer produtos com baixo teor alcoólico, loções e hidratantes livres de óleo e pouca manipulação. Peles secas necessitam de produtos em creme e massagens mais vigorosas para aumentar o aporte de nutrientes e circulação local. Peles sensíveis merecem formulações hipoalergênicas, loções calmantes e leves manipulações.

A Limpeza de Pele profissional possui várias etapas. Inicialmente realiza-se a higienização para limpeza superficial da pele. A seguir, leve esfoliação para remoção de células mortas e limpeza profunda. O próximo passo inclui o aquecimento local com vapor de ozônio para abrir os poros, visando facilitar a extração dos cravos, sebos e impurezas. Com a pele limpa, aplicam-se compressas calmantes e antissépticas. Posteriormente, utilizam-se equipamentos de alta freqüência como eletrodos de vidro, corrente elétrica de baixa intensidade e ozônio para estimular a contração dos poros. Como última etapa, uma leve massagem é realizada para relaxamento e eliminação de toxinas, aplicando-se uma máscara facial para reequilíbrio e hidratante com FPS para finalizar.

Finalmente, o procedimento deve ser realizado no mínimo 7-15 dias antes da cirurgia, para evitar que eventuais irritações/alergias na pele comprometam a execução da cirurgia.

Hidratação

A hidratação facial é um tratamento que favorece o equilíbrio hídrico, suaviza as linhas de expressão, previne o envelhecimento e melhora a permeabilidade, deixando a pele mais bonita e saudável. Ajuda a combater os efeitos de fatores externos como o vento, sol, frio e fatores internos como fadiga, estresse e maus hábitos alimentares, que podem romper o equilíbrio e diminuir a hidratação natural. Inclusive, todos os tipos de pele podem estar desidratados, já que isto não depende da produção sebácea.

Visando a obtenção de resultados mais satisfatórios, a hidratação deve ser realizada alguns dias após a limpeza de pele A sessão consiste em higienização suave, leve esfoliação (para remover resíduos e aumentar a receptividade do tecido) e massagem ou drenagem linfática (para eliminar toxinas, favorecer a circulação local e absorção dos ativos). Soluções de colágeno, vitamina E, elastina, própolis, vitamina C e outros produtos podem ser utilizados dependendo do tipo de pele e da necessidade. Em alguns casos pode ser feita ionização (técnica que facilita a penetração de substâncias), máscara oclusiva (que favorece a absorção dos ativos e ajuda manter a umidade por longo período) e uma finalização com colágeno e hidratante com FPS.

Peeling de Cristal

O peeling de cristal é um tratamento que promove esfoliação, através do lançamento de microcristais de óxido de alumínio na pele. Essa esfoliação desencadeia uma inflamação aguda localizada, fazendo com que os fibroblastos produzam colágeno para a regeneração da pele. Trata-se de um importante recurso terapêutico para melhorar o aspecto do tecido cutâneo através da renovação celular, diminuição de rugas finas e tratamento de manchas, estrias e cicatrizes. Pode ser aplicada em pacientes de todas as idades e tipos de pele com sucesso, simplicidade e rápida recuperação, ao contrário de procedimentos mais agressivos como a dermoabrasão e os peelings químicos.

Massagem

A massagem realizada por uma clínica de estética é o conjunto de manobras manuais ou mecânicas exercidas sobre uma ou mais partes do corpo com fins terapêuticos, desportivos e estéticos. É o mais antigo e simples de todos os tratamentos médicos. A massagem pode ser estimulante ou calmante, dependendo da velocidade e intensidade de seus movimentos. Estimula a irrigação dos músculos e do tecido conjuntivo, além de provocar um relaxamento específico das tensões acumuladas na musculatura. Os principais benefícios são: mecânicos, fisiológicos e psicológicos.

Efeitos Mecânicos - Os movimentos de compressão, tração, estiramento e fricção geram efeitos mecânicos nos tecidos, mobilizando fibras musculares, tendões, pele e tecido subcutâneo, tecido cicatricial, aderências, etc. O resultado e a movimentação de elementos como a linfa, sangue venoso, secreções pulmonares, edema, conteúdo intestinal e conteúdo de hematomas.

Efeitos Fisiológicos - A massagem estimula a circulação sanguínea e linfática, aumentando o aporte de oxigênio aos tecidos e assim a nutrição celular. Isto também facilita a drenagem das toxinas, remoção dos produtos metabólicos, estimulação do processo de cicatrização, aumento da extensibilidade do tecido conjuntivo, alívio da dor, facilitação da atividade muscular, remoção das secreções pulmonares e promoção do relaxamento local e geral.

Efeitos Psicológicos - Ocorre um relaxamento físico, aliviando a ansiedade e a tensão. Há uma sensação geral de bem estar e um grande alívio de dor.

Massagem Anti-Stress

É um processo terapêutico manual ou instrumental que consiste friccionar, pressionar, amassar, ou percutir o corpo ou parte dele. Os efeitos da massagem causam diferentes estímulos sobre a superfície corporal levando o paciente a uma agradável sensação de bem estar, equilíbrio e de alivio do stress. Melhora as dores e otimiza o funcionamento dos sistemas energéticos circulatórios, nervosos e musculares, levando o paciente a um relaxamento profundo.

Tratamento de Estrias

As estrias são lesões irreversíveis, não existindo um tratamento que faça a pele voltar ao que era antes. Os tratamentos visam melhorar o aspecto das lesões, estimulando a formação de tecido colágeno subjacente e tornando-as mais semelhantes à pele ao redor. Enquanto a estria é recente, é possível tratá-la e até revertê-las com o uso de tratamentos como esfoliação, laser, etc. Na verdade, quando mais precoce for o tratamento, melhor será a resposta do paciente. As estrias brancas e com relevos são mais difíceis de serem revertidas com tratamentos estéticos. Durante o tratamento, a exposição ao sol deve ser evitada durante 2 meses.

Quando utilizado na fase avermelhada (imatura) da estria, o laser provoca um fechamento dos pequenos vasos sanguíneos e estimula a formação de um novo colágeno, dando à estria uma tonalidade próxima a da pele e uma diminuição do seu tamanho. Na fase esbranquiçada (madura), o laser atua basicamente estimulando a produção de um novo colágeno, visando somente a diminuição do tamanho da estria.

São necessárias pelo menos 5 sessões, que podem ser mensais ou quinzenais. O método é indolor, e o grau de satisfação dos pacientes vai de regular a bom. Quando o laser é associado a outras terapias, como cremes a base de ácidos, este resultado pode ser potencializado.

Alguns tipos de ácido como o retinóico estimulam a formação de tecido colágeno, melhorando o aspecto das estrias. Pode haver descamação e vermelhidão, sendo que a exposição solar deve ser evitada.

O peeling de cristal é um procedimento de ação mecânica mais intensa, onde a estria e bombardeada por um jato de micro cristais de óxido de alumínio. E um procedimento simples e de rápida recuperação.

A dermoabrasão é o lixamento cirúrgico das estrias utilizando lixas manuais ou elétricas. Há necessidade de anestesia local e o procedimento provoca reação semelhante à dos peelings profundos. O procedimento induz a formação de colágeno e regulariza a superfície da pele, deixando-a mais semelhante à pele vizinha e sadia.

Laser Para Olheiras

Os recentes avanços tecnológicos do laser e luz pulsada intensa (LPI) revolucionaram os tratamentos de beleza. O laser possui uma capacidade única entre os tratamentos disponíveis, que é a seletividade, ou seja, consegue atingir somente a célula-alvo, poupando as estruturas ao redor. Esta tecnologia, quando aplicada corretamente por uma boa clínica de estética, é considerada segura, bem tolerada pelos pacientes, apresenta número insignificante de complicações e têm pouca restrição de uso.
A hiperpigmentação suborbital, popularmente conhecida como olheira, é um problema estético comum, ficando atrás apenas das rugas nas pesquisas sobre a preocupação com o envelhecimento da facial. Causadas pelo acúmulo de melanina na região inferior das pálpebras, as olheiras são mais comuns em indivíduos com mais de 35 anos de idade, dependem de fatores genéticos e podem ser agravadas por fatores como estresse, noites mal dormidas, tabagismo, problemas respiratórios e cirurgias na face.
O tratamento a laser pode ser útil nestes pacientes, visando atenuar a aparência cansada que resulta das olheiras. Segundo o princípio de fototermólise seletiva, o aparelho e a ponteira G são regulados de forma que a energia é direcionada e captada pelo pigmento (melanina) e pelo sangue dentro dos vasos. O calor gerado causa fragmentação e destruição desses elementos, disponibilizando-os às células responsáveis pela “faxina geral” da pele.
Neste tipo de tratamento, os olhos devem ser protegidos para evitar queimaduras oculares. O tratamento consiste de 2-3 sessões e é fundamental evitar a exposição solar para evitar manchas na pele por pelo menos 7 dias após a aplicação.
A integração do sistema de resfriamento Safira (Palomar™) e a reciclagem de fótons permitem que os tratamentos com a ponteira G sejam seguros, confortáveis e que os resultados sejam superiores aos sistemas de lasers mais sofisticados em um número menor de sessões, intervalos e efeitos colaterais.

Laser Para Depilação

A clínica de estética do Dr. Alan Landecker oferece a mais avançada tecnologia em laser, composta por uma única plataforma (Starlux™ 500, Palomar) que oferece uma gama completa de tratamentos estéticos como depilação, tratamento de cicatrizes e tratamento de olheiras. A aplicação é realizada por profissionais bem treinados, sob a supervisão técnica do Dr. Alan Landecker, usando ponteiras específicas para cada objetivo. A plataforma Starlux™ 500 possui ponteiras que permitem resfriar a pele durante a aplicação do laser, diminuindo a dor e protegendo a pele. O procedimento é realizado no consultório, sem a necessidade obrigatória de anestesia, podendo o paciente retornar as suas atividades no mesmo dia.
O princípio da ação do laser é a fototermólise seletiva, que significa que algumas estruturas do corpo captam mais calor e energia do que outras, quando submetidas à exposição da luz. Para a depilação, o aparelho de laser é regulado para que a melanina, contida em grande quantidade no folículo piloso que origina o pelo, capte a maior quantidade de energia. Após a captação, esta energia e transmitida ao folículo piloso na forma de calor, destruindo-o e eliminando a possibilidade da geração de um novo pêlo.
Antes do tratamento, o médico determinará o tipo de pele, energia e a ponteira a ser utilizada. Em geral, utilizamos as ponteiras R e RS, capazes de remover de forma segura pêlos em todos os tipos de pele presentes na população brasileira. O “spotsize” grande permite tratar áreas extensas como costas, tórax e pernas inteiras de forma rápida e eficiente.
Quando a pele tende a ser mais escura, e necessário utilizar energias menores para evitar danos à pele. Isso resulta numa perda de eficiência, tornando os tratamentos mais demorados. O mesmo acontece com pêlos mais claros, e mais finos, que absorvem menos energia. O tratamento também não deve ser realizado em peles bronzeadas (com mais melanina), devido à diminuição da eficiência e aumento no risco de complicações.
Infelizmente, não é possível determinar o número exato de sessões a ser realizado. O paciente deve ser informado de que várias sessões serão necessárias, sendo que o numero depende da região do corpo e de cada paciente.

Tratamento de Cicatrizes

O tratamento adequado das cicatrizes, fundamental após qualquer cirurgia plástica, pode ajudar a evitar o aparecimento de cicatrizes hipertróficas e quelóides. Atualmente, os mais recentes desenvolvimentos tecnológicos se tornaram valiosas ferramentas de auxílio a técnicas consagradas como a realização de massagens com cremes específicos e a utilização de placas de silicone, usadas para acelerar o amadurecimento das cicatrizes. O objetivo final é sempre utilizar as técnicas e materiais mais refinados na tentativa de obter cicatrizes finas e praticamente imperceptíveis.

A maioria das cicatrizes inestéticas, como as cicatrizes hipertróficas e as quelóides, apresentam uma deposição exagerada de colágeno no local onde foi feita a incisão. Este fator é responsável pela coloração arroxeada, superfície elevada e coceira que frequentemente incomodam os pacientes. A partir de 2-3 meses após a cirurgia, é possível reverter estes sinais e sintomas com excelentes resultados através da injeção de uma potente cortisona (triancinolona) dentro da cicatriz. A triancinolona reduz o inchaço e inibe a hiperprodução de colágeno pelos fibroblastos, fazendo com que a cicatriz fique mais plana e apresente gradualmente uma coloração mais similar à pele. Infelizmente, a aplicação tende a ser dolorosa e pode ser necessária mais de uma sessão para que o resultado final seja atingido.

A betaterapia consiste da aplicação de radiação em cima da incisão cirúrgica. Esta energia, proveniente de uma placa de estrôncio, atinge os fibroblastos responsáveis pela produção de colágeno e inibe a sua proliferação. O resultado é a diminuição da produção de colágeno, ajudando a evitar cicatrizes hipertróficas e quelóides. O tratamento, que é indolor e preventivo, deve ser iniciado nas primeiras 48 horas após a cirurgia. Em geral, são necessárias 10 sessões para que os resultados máximos sejam obtidos.
Atualmente, o laser é uma das principais ferramentas no combate às cicatrizes inestéticas nas clínicas de estética. Em vários estudos, a luz pulsada melhorou a vermelhidão, tamanho e sintomas dolorosos que frequentemente estão presentes nestes pacientes, com pouquíssimos efeitos colaterais. Pode haver vermelhidão, inchaço e problemas de pigmentação após a aplicação- felizmente, estes efeitos tendem a ser temporários e de fácil resolução.
Cicatrizes atróficas, que frequentemente se apresentam como depressões na pele, podem ser melhoradas em 50-80% pelos lasers chamados ablativos. Estes lasers destroem as camadas mais superficiais da pele com enorme precisão, fazendo com que o colágeno subjacente prolifere e se remodele. Com isso, as depressões tendem a ser preenchidas, nivelando a pele. Embora os lasers mais recentes tenham menos efeitos colaterais, sinais e sintomas como vermelhidão, inchaço e secreção são comuns. Estes lasers devem ser aplicados somente por profissionais, pois há risco de problemas de pigmentação e queimaduras.
Recentemente, métodos não ablativos como a radiofreqüência foram desenvolvidos para ajudar pacientes com cicatrizes inestéticas. A vantagem destas técnicas é induzir a proliferação e remodelação do colágeno, através da geração de calor somente nas camadas profundas da pele. Isto quer dizer que não é necessário destruir as camadas superficiais da pele, como fazem os lasers ablativos. Porém, os pacientes devem ser escolhidos e informados cuidadosamente, pois a maioria dos estudos mostra que os resultados atuais da técnica não ablativa ainda são inferiores quando comparado aos lasers ablativos.

Clínica de Estética Clínica do dr. Alan Landecker >

Compartilhe Linkedin

Dr. Alan Landecker

  • Formado em Medicina pela Universidade de São Paulo (FMUSP), CRM-SP 87043.
  • Formado em Cirurgia Geral no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (FMUSP).
  • Formado em Cirurgia Plástica pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Serviço do Professor Ivo Pitanguy) e na Clínica Ivo Pitanguy.
  • Reconhecimento do diploma médico nos EUA (ECFMG/USMLE).
  • Estagiário clínico-cirúrgico e de pesquisa nas Universidades de Miami, Alabama at Birmingham, Pittsburgh, Chicago, Nova York e Texas Southwestern, EUA.
  • Especializado em rinoplastia estruturada primária e secundária (Rhinoplasty Fellow) pela University of Texas Southwestern at Dallas, Texas, EUA, sob o Dr. Jack P. Gunter.
  • Instrutor do Dallas Rhinoplasty Symposium, curso anual teórico-prático em rinoplastia, realizado anualmente em Dallas, Texas, EUA, 2006-2008.
  • Especialista em Cirurgia Plástica e Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).
  • Consultor científico na área de Cirurgia Plástica da revista Men´s Health Brasil.
  • Editor da parte de rinoplastia no site da PSEN (Plastic Surgery Education Network), site educacional oficial da ASPS (American Society of Plastic Surgery).
  • Membro da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS).
  • Membro da Rhinoplasty Society (Sociedade Internacional de Rinoplastia).
Consulte o Curriculum Vitae do Dr. Alan Landecker para obter: participação em congressos, lista de aulas sobre rinoplastia estruturada primária e secundária em congressos nacionais e internacionais, lista de publicações científicas em revistas e sites nacionais e internacionais, lista de autoria de capítulos no livro “Dallas Rhinoplasty: Nasal Surgery by the Masters, 2nd Edition", Editora QMP, EUA e autoria de livros sobre a especialidade de Cirurgia Plástica.

Acompanhe tudo sobre Rinoplastia, Cirurgia Plástica e Clínica de Estética seguindo nossas comunidades no Facebook:

Endereço

Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 2738
Jardim Paulistano CEP 01442-002 - São Paulo - SP - Brasil
Telefone: (11) 3032-9977